• Entrega Imediata

e-Book

E-Book - CHALLENGES TO ECONOMIC ORGANIZATION

  • ISBN:

    9788522493722

  • Edição: 1|2014
  • Editora: Atlas

Claude Ménard, Maria Sylvia Macchione Saes, Vivian Lara dos Santos Silva e Emmanuel Raynaud

R$ 84,00
In stock
SKU
4214598
ou em até 4x de R$ 21,00
< >
A major characteristic of business activities in our economies is that firms adopt a plurality of organizational arrangements to conduct transactions between suppliers, clients, and competitors. It is quite common to observe firms using simultaneousl

Conteúdo relacionado

  • Formato: Bookshelf
  • Páginas: 272
  • Publicação: 03/09/2015
A major characteristic of business activities in our economies is that firms adopt a plurality of organizational arrangements to conduct transactions between suppliers, clients, and competitors. It is quite common to observe firms using simultaneously different forms to obtain inputs (or to sale products or services) that have identical characteristics. This phenomenon has been identified in organization theory as arrangements called plural forms.

The motivation behind this book is to contribute to understanding what forces push a firm to obtain part of its input through independent suppliers, another from its own production, and yet another through suppliers with well-established contracts. The content of this book therefore reflects the theoretical investigation made to develop a consistent explanation of a poorly understood phenomenon.

The extensive empirical study – twenty seven case studies in twelve sectors of agriculture chain in the Brazil - was conducted to substantiate and improve our initial framework.

This book directly adresses to professionals working on management and strategic planning, particularly in and with agribusiness companies, with interest in developing relationships with suppliers and optimizing transactions in supply chains. The book has connection to the disciplines of undergraduate and graduate areas of economics, management, production engineering and the like. Different approaches can benefit from the discussion developed in the various chapters: strategy and management of the supply chain, fundamentals of strategy, economics of organizations, industrial and institutional economics, and transaction cost economics, etc.
Contributors, 5

Foreword, 8

Part I – Theory, 11

Introduction (By the editors), 12
1 Introduction to the Theory of Organizations (Claude Ménard, Rubens Nunes, Vivian Silva), 20
2 The Phenomenon of Plural Forms (Paula Sarita Bigio Schnaider, Emmanuel Raynaud, Maria Sylvia Macc hione Saes), 41
3 Plural Forms of Organization: Where do We Stand? (Claude Ménard), 57

Part II – Cases Studies, 74

4 The Organic Lettuce Industry: The Korin and Cultivar Cases (Maria Sylvia Macc hione Saes, Paula Sarita Bigio Schnaider, Roberta Castro de Souza), 75
5 The Rubber Sole Industry: The Cases of the Firms Amazonas and Vical/Vibor (Melissa Franchini Cavalcanti Bandos, Lucas Sciencia do Prado, Christian Ganzert), 91
6 Cocoa Industry: The Case of the Firms Delfi And Indeca (Vivian Lara dos Santos Silva, Fabiana Cunha Viana Leonelli, Tamara Maria Gomes), 105
7 The Cachaça Industry: The Cases of Companhia Müller de Bebidas and Indústria de Bebidas Pirassununga (Rubens Nunes, Fausto Makishi), 119
8 Coffee Industry: Café Atalaia, Café Itamaraty, and Astro Café Cases (José Paulo de Souza, Sandra Mara Schiavi Bánkuti, Fernando De Cesare Kolya), 134
9 The Sugar and Alcohol Industry in South-Central Brazil: The Cases of the São Manoel and Adecoagro Plants (Cristiane Feltre, Luiz Fernando de Oriani e Paulillo, Hildo Meirelles de Souza Filho), 151
10 Meat Industry: The Cases of Minerva, Frigo-Brás, and Angelelli (Rodrigo Lanna Franco da Silveira, Marcelo J. Carrer, Caroline Foscaches de Oliveira Quevedo, Thiago Bernardino de Carvalho), 165
11 The Pulp and Paper Industry: The Cases of Klabin and Grupo Orsa (Leandro Simões Pongeluppe, Caroline Raiz Moron, Sérgio Giovanetti Lazzarini), 182
12 Leather for Footwear Industry: The Doctor Pé and Carmen Steffens Cases (Marinês Santana Justo Smith, Dante Pinheiro Martinelli, Alfredo José Machado Neto), 196
13 The Milk Industry: The Case of Imbaúba and Porto Alegre (Silvia Morales de Queiroz Caleman, Guilherme Fowler de Ávila Monteiro, Éder de Carvalho Januário), 211
14 The Fine Wine Industry in Brazil: The Cases of Miolo, Don Laurindo, and Vinibrasil Wineries (Cláudia de Lima Cheron Koenig, Rúbia Nara Leão de Sousa, Kassia Watanabe, Mark Wever), 225
15 The Agricultural Input Industry: a Case Study on the CCAB and Coonagro Networks (Sigismundo Bialoskorski Neto, Fabio Chaddad, Luciana Siqueira, Anelise KRauspenhar, Paola Londero), 242

Conclusion: Challenges to Economic Organization: Plural Forms (Claude Ménard, Maria


Claude Ménard

Professor titular de economia da Universidade de Paris (Panthéon

Sorbonne)

Cofundador e ex

presidente da International Society for New Institutional Economics

Cofundador e membro do conselho do Instituto Ronald Coase

Publicou extensivamente em revistas internacionais e foi coeditor do Journal of Economic Behavior and Organization

Editor do Advances in New Institutional Analysis Series (E. Elgar)

Seus livros mais recentes são: Handbook of new institutional economics: regulation, deregulation, re

regulation, institutional perspectives e Public procurement reforms in Africa

Seu interesse principal vai para a economia das organizações e instituições, a economia da infraestrutura e a reforma dos serviços públicos


Emmanuel Raynaud

pesquisador do Institut National de la Recherche Agronomique (INRA SAD)

diretor da unidade Sciences pour l'Action et le Développement: Activités, Produits, Territoires (SADAPT)

É Ph.D. em economia pela Universidade de Paris I

Desenvolve pesquisa em governança das cadeias de franquias, coordenação vertical e estratégias de qualidade nas cadeias produtivas agroalimentares, a análise das instituições

Publicou em journals, tais como: Journal of Economic Behavior and Organization, Industrial and Corporate Change, Journal of Management and Governance, Revue Internationale de Droit Economique


Maria Sylvia Macchione Saes

Doutora em Ciências Econômicas pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA

USP)

Professora associada do programa de Administração de Empresas na FEA

USP

Diretora do núcleo de Pesquisa da USP

Centro de Estudos de Organização (CORS)

Ex

presidente da comissão de pesquisa da USP

Publicou os seguintes livros: A racionalidade econômica da regulamentação do mercado de café do Brasil, O agribusiness do café no Brasil e Estratégias de diferenciação e apropriação da quase

renda na agricultura: a produção em pequena escala


Vivian Lara dos Santos Silva

Pós

doutorada em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/ USP) na área de Economia das Organizações (2010).

Formada em Engenharia de Produção Agroindustrial pela mesma instituição (1997).

É Doutora (2004) e Mestre (1999) em Engenharia de Produção (Área de Coordenação de Cadeias/Redes Produtivas) pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Professora do Departamento de Engenharia de Alimentos da Faculdade de zootecnia e Engenharia de Alimentos da Universidade de São Paulo (FZEA/USP)

Foi pesquisadora visitante na Université Paris I

Panthéon/Sorbonne (2001/2002), junto ao Centro ATOM (Análise Teórica das Organizações e dos Mercados)

Desenvolve pesquisa na área de Organização Industrial e Economia das Organizações, com interesse particular pela temática de Eficiência, Barganha e Coordenação Vertical, aplicada a três principais linhas: i) Estratégia Organizacional e Coordenação Vertical; ii) Estratégia e Economia do Franchising; e iii) Estratégia de Agregação de Valor e de Apropriação de Renda.

Em paralelo, representando uma quarta linha de interesse, se dedica à temática de Jogos como Ferramenta Metodológica em Food Studies.

O GEN | Grupo Editorial Nacional adota a plataforma de e-books VitalSource Bookshelf. Além de oferecer vários recursos, o Bookshelf permite até quatro instalações, sendo duas em dispositivos móveis (smartphones e tablets) e duas em computadores (desktops ou notebooks).

Compatibilidade

Além do acesso on-line (online.vitalsource.com), o Bookshelf está disponível para os seguintes sistemas: Windows, Mac OS X, iOS e Android.

Acesso aos e-books

  • Após a confirmação do pagamento, o e-book será associado a uma conta na VitalSource. Se você já for usuário do Bookshelf, o e-book será associado à conta existente; caso contrário, será criada uma conta com o e-mail utilizado para a compra;
  • Os dados para login devem ser informados no Bookshelf on-line ou na primeira utilização do aplicativo. Após novas aquisições, é importante clicar na opção “Atualizar biblioteca”.

Acessibilidade

  • O aplicativo Bookshelf dispõe de recursos para auxiliar os portadores de deficiência visual. Além da ampliação de caracteres, o aplicativo oferece a leitura com voz sintetizada;
  • O recurso de leitura em português funciona em instalações em nosso idioma no Windows 7 SP1 ou superior e OS X 10.10 (Yosemite).

Observações importantes

  • A versão atual do Bookshelf para Android não permite assistir aos vídeos de nossos livros-aula;
  • Em sistemas Linux e Windows Phone, seus e-books podem ser acessados on-line;
  • Não é permitida a impressão dos e-books;
  • Os e-books adquiridos no site do GEN não são compatíveis com os aplicativos e dispositivos Kindle, Nook, Kobo e Lev;
  • Nossos e-books também estão à venda nos sites das livrarias Cultura e Saraiva. Os e-books adquiridos nessas lojas podem ser lidos no Saraiva Reader/Lev e Kobo.

Para mais informações sobre o VitalSource Bookshelf, requisitos para instalação e outros detalhes técnicos, acesse support.vitalsource.com.