• Entrega Imediata
  • Frete Grátis

Livro Impresso

Bases da Parasitologia Médica

  • ISBN:

    9788527715805

  • Edição: 3|2009
  • Editora: Guanabara Koogan

Luis Rey

De: R$ 290,00 Por: R$ 232,00
In stock
SKU
55094
ou em até 10x de R$ 23,20
< >
Um clássico na literatura da área de saúde no País! Para superar as barreiras de comunicação e estimular a difusão das informações científicas na área da saúde, são indispensáveis esforços múltiplos e diversificados dos profissionais que possam contrib...
  • Formato: Impresso
  • Páginas: 424
  • Publicação: 05/10/2009
  • Capa: Capa Dura
  • Peso: 1,13 kg
  • Dimensões: 21 X 28

Um clássico na literatura da área de saúde no País!

Para superar as barreiras de comunicação e estimular a difusão das informações científicas na área da saúde, são indispensáveis esforços múltiplos e diversificados dos profissionais que possam contribuir para isso. Os livros didáticos constituem instrumento importante para um trabalho sistematizado de formação profissional, de disseminação do conhecimento e de conscientização dos que devem exigir soluções ou aplicar medidas efetivas contra as grandes endemias ou os fatores de má saúde.

O êxito das edições anteriores de Bases da Parasitologia Médica, que justificou várias reimpressões, foi o motor básico para convencer o autor da importância de manter a obra atualizada. Razão pela qual todos os capítulos foram revistos para esta 3ª edição, tendo sempre presente o propósito de manter o caráter compacto do texto. A terminologia foi adaptada ainda mais à nomenclatura internacional, com o propósito de facilitar a busca de informações complementares em bancos de dados e na bibliografia mundial.

Principais características da obra:

 

  • Uma das principais referências sobre Parasitologia no Brasil
  • As doenças emergentes e o agravamento de algumas parasitoses em pacientes imunodeficientes mereceram atenção especial
  • Há capítulo sobre AIDS e parasitoses nesta edição

 

I Parte Geral
Os parasitos, o ambiente e o homem
Principais grupos de protozoários e metazoários em que há parasitos do homem ou seus vetores

II Protozoários Parasitos do Homem
Tripanossomíase por Trypanosoma cruzi: Doença de Chagas
Tripanossomíase por Trypanosoma cruzi: Epidemiologia e controle
Leishmaníases cutâneas e mucocutâneas do Novo Mundo
Leishmaníase visceral
Flagelados das vias digestivas e geniturinárias: Tricomoníase e giardíase
Amebas parasitas do homem
Amebíase
Os esporozoários e as coccidíases
Toxoplasmose
Malária: Os plasmódios humanos
Malária: A doença
Malária: Epidemiologia e controle
Balantidíase e outras protozooses

III Platelmintos Parasitos do Homem
Esquistossomíase mansônica: O parasito
Esquistossomíase mansônica: A doença
Epidemiologia e controle da esquistossomíase nas Américas
Fasciolíase
Cestoides parasitos do homem
As teníases
Cisticercose humana
Equinococose humana (hidatidose)

IV Nematelmintos Parasitos do Homem
Nematoides parasitos do homem
Estrongiloidíase
Ancilostomíase
Ascaríase
Toxocaríase, angiostrongilíase
Enterobíase ou oxiurose
Filaríase linfática
Oncocercíase
Tricuríase
Imunodeficiência e parasitoses

V Artrópodes Parasitos ou Vetores de Doenças
Organização e fisiologia dos insetos
Triatomíneos e percevejos
Dípteros nematóceros em geral. Psicodídeos, simulídeos e ceratopogonídeos
Dípteros nematóceros: Anofelinos e culicíneos
Dípteros ciclorrafos: As moscas
Sifonápteros: As pulgas
Anopluros: Os piolhos do homem
Carrapatos e ácaros

VI Moluscos Vetores de Doenças
Planorbídeos e outros moluscos hospedeiros de helmintos
Índice alfabético e remissivo

Luís Rey

Doutor em Medicina e Docente-Livre de Parasitologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Pesquisador Emérito do Instituto Oswaldo Cruz, Departamento de Medicina Tropical (FIOCRUZ), Rio de Janeiro, e do CNPq, Brasília, DF, Brasil. Diretor do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, INCQS (1985-89). Chefe do Departamento de Helmintologia (1984) e do Departamento de Biologia (1988-1991)
do Instituto Oswaldo Cruz/FIOCRUZ, Rio de Janeiro. Presidente da Sociedade Brasileira de Parasitologia (1987-89). Médico da Organização Mundial da Saúde para o Controle da Esquistossomíase, na Tunísia (1970-74), e para o Programa de Doenças Parasitárias (WHO/PDP, Genebra, 1974-80). Membro do WHO Expert Advisory Panel on Parasitic Diseases: General Parasitology, da Organização Mundial da Saúde, Genebra (1980-2000). Consultor Temporário da Organização Mundial da Saúde e da Organização Sanitária Pan-Americana junto aos Serviços Nacionais de Saúde de Países das Américas, da Região do Mediterrâneo Oriental e da África (Numerosas Missões, desde 1980). Coordenador do Instituto Nacional de Saúde de Moçambique (1980-83). Professor de Parasitologia em: Universidade de São Paulo (Faculdade de Medicina, 1951-64); Instituto Politécnico Nacional (Escuela de Ciências Biológicas, México DF, 1965-68); Universidade de São Paulo (Faculdade de Saúde Pública, 1968-69); Universidade do Norte do Paraná (Faculdade de Medicina, 1969); Faculdade de Medicina de Taubaté, São Paulo (1968-69); Universidade Eduardo Mondane, Moçambique (Faculdade de Medicina, 1980-83). Editor-Fundador da Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (1959-64). Editor da Revista Latino-Americana de Microbiologia (1966-67) e da Revista Médica de Moçambique (1982-83). Autor dos Livros: Planejar e Redigir Trabalhos Científicos (2ª ed., 1993); Dicionário de Termos Técnicos de Medicina e Saúde (2ª ed., 2003); Um Médico e Dois Exílios (Memórias) (2005); Dicionário da Saúde e da Prevenção de Seus Riscos (2006); Parasitologia (4ª ed., 2007).