• Entrega Imediata

Livro Impresso

Avaliação Patrimonial de Empresas - Da Visão Contábil à Econômica

  • ISBN:

    9786559773497

  • Edição: 2|2023
  • Editora: Atlas

Eliseu Martins e Eduardo Flores

R$  173,00
ou em até 8x de R$ 21,62
< >
Este livro serve para uma visão integrada dos critérios de avaliação patrimonial. Destina-se a profissionais, professores e estudantes das áreas de Contabilidade, Finanças, Economia e Direito.
  • Formato: Impresso
  • Páginas: 336
  • Publicação: 06/01/2023
  • Capa: Brochura
  • Peso: 0,54 kg
  • Dimensões: 17 X 24

Muito se fala sobre a perda de relevância da informação contábil. Algumas vezes pelo fato de a Contabilidade não propiciar a imediata identificação do quanto vale uma empresa em funcionamento ou até mesmo em liquidação; e em outras ocasiões, a crítica é por não identificar o custo de reposição dos ativos que as organizações possuem.

O que este livro procura mostrar é que houve, ao longo dos séculos, uma evolução na avaliação patrimonial provida pela informação contábil, mas não no senti do de cada passo anular o anterior, e sim se complementarem. Os usuários da Contabilidade são inúmeros e suas necessidades podem ser distintas, portanto, é natural que surjam diferentes métodos de avaliações.

O que temos nesta obra é uma discussão da validade dos principais critérios de avaliação até hoje conhecidos e a conclusão de que todos eles são passíveis de uma integração visando ao atendimento concomitante a todos os usuários da Contabilidade.

Portanto, de forma geral, as críticas à relevância da informação contábil podem não passar de uma percepção equivocada de que a “caixa de ferramentas” dos contadores se limita tão somente aos conceitos do book value e do fair value. Ledo engano: há muitas outras possibilidades exploradas neste livro.

Convém ressaltar que todos os critérios, o custo histórico, o custo corrigido pela inflação, o custo de reposição, o valor líquido de alienação, o valor do fluxo de caixa descontado, o múltiplo de EBITDA, dentre outros, nada mais são do que visões diferentes de um único denominador comum: o caixa. Seja o das transações ocorridas, seja o das transações a ocorrer. Assim sendo, a despeito do formato de avaliação patrimonial adotado, o foco sempre será a previsão do caixa.

APLICAÇÃO

Este livro serve para uma visão integrada dos critérios de avaliação patrimonial. Destina-se a profissionais, professores e estudantes das áreas de Contabilidade, Finanças, Economia e Direito.

Introdução

Informações relevantes para vários usuários

Comportamento dos profissionais

Conteúdo da segunda edição deste livro

Valor, lucro, caixa e dividendos

1 Valores de entrada

2 Valores de saída e Goodwill

3 Lucro passível de distribuição

4 Custo de oportunidade e custo de capital

5 Introdução aos modelos de avaliação econômica de empresas e como evitar erros comuns

6 Integrando as opções de avaliação

Anexo I (on-line) – Avaliação de Empresas

Anexo II (on-line) – Avaliação de Empresas em Condição de Risco

Eliseu Martins

É Professor Emérito das Faculdades de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo (FEAs/USP) de São Paulo e de Ribeirão Preto. Autor do livro Contabilidade de Custos, coautor de Contabilidade Introdutória, Análise Avançada das Demonstrações Contábeis, Teoria da Contabilidade, Cartas aos Estudantes de Contabilidade, Manual de Contabilidade Societária, Manual Prático de Contabilidade Societária e outros, publicados pelo GEN | Atlas, além de coautor de manuais de contabilidade e de custos de diversas instituições financeiras. Foi diretor, por duas vezes, da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Parecerista. Membro convidado do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). Cofundador da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (FIPECAFI) e do CPC.

Eduardo Flores

É Professor do Departamento de Contabilidade e Atuária da FEA/USP (campus Capital). Membro do CPC e do Advisory Council of IFRS Foundation. Coordenador Técnico do Comitê Brasileiro de Pronunciamentos de Sustentabilidade (CBPS). Membro do Integrated Reporting and Connectivity Council of IFRS Foundation. Coautor de Teoria da Contabilidade Financeira e Contabilidade de Instrumentos Financeiros e coordenador de IFRS no Brasil: temas avançados abordados por meio de casos reais, publicados pelo GEN | Atlas.