• Entrega Imediata

Livro Impresso

Hannah Arendt e a Modernidade - Política, Economia e a Disputa por uma Fronteira

  • ISBN:

    9788530957735

  • Edição: 1|2014
  • Editora: Forense Universitária

ADRIANO CORREIA

De: R$ 90,00 Por: R$ 72,00
In stock
SKU
1214229
ou em até 3x de R$ 24,00
< >
O livro inova, em relação às pesquisas anteriores de Adriano Correia, como, aliás, não poderia deixar de ser, tendo em vista a inquietação constante e a produtividade de sua atuação no campo da filosofia. Conserva, no entanto, o essencial de seu concer...
  • Formato: Impresso
  • Páginas: 256
  • Publicação: 14/08/2014
  • Capa: Brochura
  • Peso: 0,36 kg
  • Dimensões: 14 X 21

O livro inova, em relação às pesquisas anteriores de Adriano Correia, como, aliás, não poderia deixar de ser, tendo em vista a inquietação constante e a produtividade de sua atuação no campo da filosofia. Conserva, no entanto, o essencial de seu concernimento em relação à obra arendtiana, chamando a atenção para sua atualidade e relevância no atual contexto de espetacularização da política e banalização da vida. Na era da extensão planetária da fabricação, perdemos em ritmo acelerado a capacidade de estar junto dos outros, o discurso transforma-se assustadoramente naquela tagarelice que Heidegger denominou de ‘Gerede’, nutrida pela propaganda, e que nada tem a ver com o que Habermas entende por racionalidade discursiva. Portanto, a filosofia de Arendt tornou-se, para nós, atmosfera vital, com sua exigência de compreender, sua ‘paciência do conceito’ e seu cuidado kantiano da vontade, indispensáveis para a sobrevivência do pensar e da condição verdadeiramente humana de ser-no-mundo e de ocupar o espaço público. Quando o animal laborans domina toda esfera da biopolítica, as pessoas são coagidas a ser apenas ‘pró’ ou ‘contra’ as outras, obedecendo, sem reflexão, as agendas que preformatam um arremedo de pensamento, capturadas na armadilha fatal do amigo/inimigo, imersas na violência cega dos meios e completamente insensíveis à dignidade da política.

Agradecimentos

Prólogo

A necessidade de compreender 

Capítulo I

Vícios privados, prejuízos públicos

Capítulo II

O liberalismo e a prevalência do econômico: Arendt e Foucault 

Capítulo III

Do uso ao consumo: alienação e perda do mundo

Capítulo IV

Quem é o animal laborans?

Capítulo V

“A política ocidental é cooriginariamente biopolítica?” – Um

percurso com Agamben

Capítulo VI

A esfera social: política, economia e justiça

Capítulo VII

O caso do conceito de poder – A Arendt de Habermas

Capítulo VIII

Revolução, participação e direitos

Epílogo

Sistema de conselhos: uma nova forma de governo? 

Bibliografia 


Doutor em filosofia pela Unicamp (2002). Professor da Faculdade de Filosofia da Universidade Federal de Goiás e pesquisador do CNPq. É autor de Hannah Arendt (Zahar, 2007) e recentemente revisou a tradução e fez a apresentação da obra A condição humana, de Hannah Arendt, publicada pela Forense Universitária.