• Entrega Imediata

Livro Impresso

Inovando no Brasil

  • ISBN:

    9788595150102

  • Edição: 1|2020
  • Editora: GEN Atlas

Elisabeth Reynolds, Ben Schneider e Ezequiel Zylberberg

De: R$ 89,00 Por: R$ 71,20
In stock
SKU
440293
ou em até 3x de R$ 23,73
< >
Inovar é o ponto-chave da sobrevivência no Brasil. Ao descrever os sucessos e os erros do Brasil na economia, este livro apresenta um estudo transparente sobre o crescimento econômico sustentável em países em desenvolvimento, com orientações e inovações.
  • Formato: Impresso
  • Páginas: 296
  • Publicação: 24/10/2019
  • Capa: Brochura
  • Peso: 0,58 kg
  • Dimensões: 17 x 24

Inovar é o ponto-chave da sobrevivência no Brasil. Ao descrever os sucessos e os erros do Brasil na economia, este livro apresenta um estudo transparente sobre o crescimento econômico sustentável em países em desenvolvimento, com orientações e inovações.

 

Inovando no Brasil aborda que o investimento em ciência, tecnologia e inovação é uma saída que pode direcionar o Brasil para fora do atual cenário econômico instável e para um futuro de crescimento e desenvolvimento sustentáveis.

 

Além disso, este livro oferece um roteiro para encarar os próximos desafios e examina os exemplos de sucesso em ecossistemas de inovação nos Estados Unidos e no Brasil, com orientações como base de apoio para o lançamento de uma nova agenda eficaz de inovação.

 

Introdução – Inovação no Brasil: Avançando o desenvolvimento no século XXI

Parte I - Economia política da inovação

Capítulo 1 - Instituições, política e a inovação controlada pelo Estado

Capítulo 2 - Acelerando a inovação no Brasil na era das cadeias globais de valor

Capítulo 3 - A política de inovação no Brasil desde 2003: Avanços, incoerências e descontinuidades

Parte II - Rumo a uma economia do conhecimento: Criação e difusão de conhecimento

Capítulo 4 - Ciência e inovação no Brasil: Para onde ir agora?

Capítulo 5 - Benchmarking da colaboração em pesquisa entre universidade e indústria no Brasil

Capítulo 6 - Universidades como motores da inovação: O contexto para transferência de tecnologia em estudos de caso do Brasil e dos Estados Unidos

Parte III - Inovações institucionais

Capítulo 7 - Dimensões institucionais das políticas de inovação no Brasil

Capítulo 8 - Além do benchmarking: Rumo a uma tipologia de intermediários de inovação

Capítulo 9 - Além do consenso do Vale do Silício: Compreendendo os desafios organizacionais e as oportunidades de promover a inovação no Brasil

Capítulo 10 - Gerando confi ança na inovação: O caso da Embrapii

Parte IV - Empresas, indústrias e inovação na economia global

Capítulo 11 - A promessa brasileira: Impulsionar a produtividade para haver prosperidade compartilhada

Capítulo 12 - Desenvolvimento industrial liderado por recursos naturais na cadeia global de valor de P&G: O caso do Brasil

Capítulo 13 - Inovação em energia: Rumo a uma agenda voltada para o etanol de segunda geração (2G) no Brasil

Capítulo 14 - A economia política da aprendizagem coletiva nos produtos farmacêuticos genéricos

 

Elisabeth Reynolds

É diretora executiva do Industrial Performance Center (IPC) do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e professora de inovação e desenvolvimento econômico do Departamento de Estudos e Planejamento Urbano do MIT. Liz trabalha em questões relacionadas com sistemas de inovação, desenvolvimento econômico regional e competitividade industrial; e se concentrou, em particular, na teoria e prática de desenvolvimento de clusters e sistemas regionais de inovação e assessora várias organizações nessa área. Sua atual pesquisa concentra-se nos caminhos que as firmas empreendedoras norte-americanas adotam no dimensionamento de tecnologias relacionadas com a produção, bem como na fabricação avançada, incluindo a globalização da indústria de biomanufatura. Ela é membro do Comitê Executivo de Colaboração de Manufatura Avançada de Massachusetts.

 

 

Ben Schneider

É Ford International Professor do Departamento de Ciência Política do MIT e diretor do programa MIT Brasil. Antes de ingressar no departamento, em 2008, Schneider lecionou na Princeton University e na Northwestern University. Seus interesses de ensino e pesquisa se enquadram nos campos gerais de política comparada, economia política e política latino-americana. É autor de New Order and Progress: Democracy and Development in Brazil (Oxford University Press, 2016), e já publicou sobre temas como democratização, tecnocracia, política educacional, estado desenvolvimentista, grupos empresariais, política industrial e burocracia comparada.

 

 

Ezequiel Zylberberg

É pesquisador do Industrial Performance Center (IPC) do MIT. Seus interesses de pesquisa incluem cadeias globais de valor (CGVs), política industrial e de inovação e estratégia tecnológica. Seu atual trabalho examina como a relação entre a estratégia corporativa e a política industrial molda o desenvolvimento no Brasil. Prestou consultoria em projetos de desenvolvimento econômico nos Estados Unidos, Brasil, Ruanda, Vietnã e África do Sul, em nome de várias organizações. É doutor em Estudos de Gestão da Saïd Business School da Oxford University, e mestre em estudos de desenvolvimento pela London School of Economics and Political Science.