• Entrega Imediata

Livro Impresso

ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL E GERAL: Previsão, Organização, Comando, Coordenação e Controle

  • ISBN:

    9788522405015

  • Edição: 10|1990
  • Editora: Atlas

Henri Fayol

De: R$ 110,00 Por: R$ 55,00
In stock
SKU
4290002
ou em até 1x de R$55,00
< >
Entre as obras clássicas que constituem os fundamentos da Administração, a Administração Industrial e Geral, de Henri Fayol, juntamente com os Princípios de Administração Científica, de Frederick Winslow Taylor, são as que devem ser estudadas a fundo

Conteúdo Relacionado

  • Formato: Impresso
  • Nº de Páginas: 144
  • Publicação: 20/12/1990
  • Capa: Brochura
  • Peso: 0,30 Kg
  • Dimensões: 17 X 24
Entre as obras clássicas que constituem os fundamentos da Administração, a Administração Industrial e Geral, de Henri Fayol, juntamente com os Princípios de Administração Científica, de Frederick Winslow Taylor, são as que devem ser estudadas a fundo por todos os que se interessam pela Administração. A obra de Fayol é seminal. As suas conceituações e proposições não se restringem a uma época ou a um lugar. É verdade que as técnicas evoluem, as dimensões das empresas adquirem outro vulto e os métodos e objetivos são revistos. Todavia, a obra de Fayol permanece como uma contribuição inicial, cuja análise jamais poderá ser desprezada.

Poder-se-ia destacar, como exemplo da importância da obra de Fayol, sua preocupação quanto ao papel desempenhado pelos Recursos Humanos na Administração. Estruturalmente a obra está dividida em duas partes. A primeira discorre sobre a possibilidade de um ensino administrativo, apresentando uma definição de administração, destacando a importância relativa das diversas capacidades que constituem o valor do pessoal das empresas e delineando métodos através dos quais esta necessidade seja identificada e o ensino administrativo seja idealizado. Na segunda parte, são estudados os princípios gerais da administração, sob o prisma de que todos os agentes de uma empresa participam, mais ou menos, dos processos administrativos. Por outro lado, estudam-se ainda os elementos da administração, a saber, a previsão, a organização, o comando, a coordenação e o controle.

Texto complementar ao estudo da disciplina TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ou INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO, dos cursos de Administração, Economia e Ciências Contábeis.
Breve estudo sobre Henri Fayol
Atualidade de Henri Fayol
Prefácio do autor

PRIMEIRA PARTE - NECESSIDADE E POSSIBILIDADE DE ENSINO ADMINISTRATIVO

1    -    DEFINIÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO
1° - Função técnica
2° - Função comercial
3° - Função financeira
4° - Função de segurança
5° - Função de contabilidade
6° - Função administrativa

SEGUNDA PARTE - PRINCÍPIOS E ELEMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO

1    -    PRINCÍPIOS GERAIS DE ADMINISTRAÇÃO
1° - Divisão do trabalho
2° - Autoridade e responsabilidade
3° - Disciplina
4° - Unidade de comando
5° - Unidade de direção
6° - Subordinação do interesse particular ao interesse geral
7° - Remuneração do pessoal
a)    Pagamento por dia
b)    Pagamento por tarefa
c)    Pagamento por peça
d)    Prêmios
e)    Participação nos lucros
f)    Subsídios em espécies - Instituições de bem-estar Compensações honoríficas
8° - Centralização
9° - Hierarquia
10° - Ordem
Ordem material
Ordem social
11° - Eqüidade
12° - Estabilidade do pessoal
13° - Iniciativa
14° - União do Pessoal
a)    Não se deve dividir o pessoal
b)    Abuso das comunicações escritas

2     -     ELEMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO
1° - Previsão
Caracteres gerais de um bom programa de ação
Modo de estabelecer o programa de ação em uma grande empresa mineira e metalúrgica
I)    Previsões anuais
II)    Previsões decenais
III)    Previsões especiais
Vantagens e inconvenientes das previsões
Condições e qualidades necessárias ao estabelecimento de um bom programa de ação
1° - Arte de lidar com os homens
2° - Atividade
3° - Coragem moral
4° - Estabilidade do pessoal dirigente
5° e 6° - Competência profissional e conhecimento geral dos negócios
Previsão nacional, 76
2° - Organização
Missão administrativa do corpo social
Constituição do corpo social
A - Forma do corpo social em seus diversos graus de desenvolvimento Semelhanças - Importância do fator individual - Analogias
B - Órgãos ou membros do corpo social
C - Agentes ou elementos constitutivos do corpo social
Chefes de grandes empresas
Chefes de empresas médias e pequenas
Elementos do valor dos chefes e dos agentes
1° - Saúde e vigor físico
2° - Inteligência e vigor intelectual
3° - Qualidades morais
4° - Cultura Geral
5° - Conhecimentos Administrativos
6° - Noções sobre as outras funções
7° - Competência profissional na especialidade característica da empresa
Quadros de organização
Recrutamento
Formação dos agentes de empresas
A - Função da escola
1° - Ensino técnico superior
Abuso da matemática
Duração dos


Henri Fayol

Engenheiro francês dedicou

se desde a juventude ao estudo dessa matéria

Criou uma doutrina com seu nome

o fayolismo, cujos princípios gerais são: divisão do trabalho, autoridade, responsabilidade, disciplina, unidade de mando, convergência de esforços, estabilidade de pessoal e remuneração adequada.