• Entrega Imediata
  • Lançamento

e-Book

E-book Manual de Direito Administrativo

  • ISBN:

    9786559776078

  • Edição: 38|2024
  • Editora: Atlas

José dos Santos Carvalho Filho

De: R$  230,00 Por: R$  195,50
In stock
SKU
42203607
ou em até 9x de R$ 21,72

    Esse(a) e-book é para:

< >
Manual de Direito Administrativo chega à sua 38ª edição, rigorosamente atualizada no campo normativo e jurisprudencial, oferecendo um método didático e acessível aos leitores e reafirmando o sucesso adquirido entre os estudiosos da matéria.
  • Formato: Bookshelf
  • Páginas: 1168
  • Publicação: 02/02/2024

O Manual de Direito Administrativo, do Professor José dos Santos Carvalho Filho, chega, em 2024, à sua 38ª edição, reafirmando o sucesso adquirido entre os estudiosos da matéria. A nova edição, via de regra, está rigorosamente atualizada, sempre obedecendo ao compromisso do autor em oferecer um método didático e acessível aos leitores. No campo normativo, foram incluídos comentários ou referências a diversas leis novas, todas imprescindíveis ao estudo dos temas da obra. Do ângulo jurisprudencial, foram inseridas as mais importantes decisões e súmulas oriundas dos Tribunais Superiores na área do Direito Público. Ademais, novos trabalhos científicos foram referidos para a atualização dos leitores. Entre as novidades, foram mencionadas as Emendas Constitucionais nºs 129, de 5.7.2023 (adição de prazo para permissões lotéricas), e 132, de 20.12.2023 (Reforma Tributária), a Lei Complementar nº 198, de 28.6.2023 (altera o Estatuto de Contratos e Licitações), bem como as Leis nºs 14.546, de 4.4.2023 (altera a Lei nº 11.445/2007, sobre saneamento básico); 14.590, de 24.5.2023 (altera a lei das concessões florestais); 14.600, de 19.6.2023 (organização da Administração Federal); 14.620, de 13.7.2023 (altera o Dec.-lei 3.365/1941, sobre desapropriação, e o Código Civil); 14.628, de 20.7.2023 (cria novas hipóteses de dispensa de licitação); 14.662, de 24.8.2023 (altera a Lei 11.107/2005, sobre consórcios públicos); e 14.770, de 22.12.2023 (altera o Estatuto de Contratos e Licitações). Foram incluídas também as Súmulas nºs 645, 647 e 665 do STJ. Por conseguinte, o autor, mais uma vez, empenhou todo o seu esforço para manter a obra atualizada, consolidando o reconhecido prestígio do Manual e a preferência cada vez mais ampla por parte de estudantes e operadores da área jurídica.

Capítulo 1. Direito Administrativo e Administração Pública

Capítulo 2. Poderes e Deveres dos Administradores Públicos

Capítulo 3. Poder de Polícia

Capítulo 4. Ato Administrativo

Capítulo 5. Contratos Administrativos

Capítulo 6. Licitação

Capítulo 7. Serviços Públicos

Capítulo 8. Concessão e Permissão de Serviços Públicos

Capítulo 9. Administração Direta e Indireta

Capítulo 10. Responsabilidade Civil do Estado

Capítulo 11. Servidores Públicos

Capítulo 12. Intervenção do Estado na Propriedade

Capítulo 13. Desapropriação

Capítulo 14. Atuação do Estado no Domínio Econômico

Capítulo 15. Controle da Administração Pública

Capítulo 16. Bens Públicos

Índice Remissivo

Referências Bibliográficas

É mestre em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), tendo lecionado na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e na Estácio de Sá (UNESA), bem como nos cursos de pós-graduação da Universidade Federal Fluminense (UFF) e da Universidade Candido Mendes (UCAM), além de ter ministrado aulas em vários cursos preparatórios para concursos públicos. Integrou a equipe docente da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) e da Fundação Escola do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (FEMPERJ). É procurador de justiça do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (aposentado), instituição na qual ocupou vários cargos de assessoria, além da função de consultor jurídico do Ministério Público (2009/2012). Participa, como expositor, de congressos e seminários realizados em todo o País. É membro do Instituto Brasileiro de Direito Administrativo (IBDA), do Instituto de Direito Administrativo do Rio de Janeiro (IDARJ) e do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB).