• Entrega Imediata
  • Frete Grátis

Livro Impresso

História do Direito Constitucional Brasileiro - Coleção Constitucionalismo Brasileiro

  • ISBN:

    9788530982263

  • Edição: 2|2019
  • Editora: Forense

Waldemar Ferreira

De: R$ 129,00 Por: R$ 96,75
In stock
SKU
1218566
ou em até 2x de R$ 48,38
< >
A História constitucional brasileira. Passados 30 anos de publicação da Constituição Federal de 1988, o livro A História do Direito Constitucional Brasileiro apresenta a oportunidade de se fazer um balanço da cultura constitucional desenvolvida até então.

Conteúdo relacionado

  • Formato: Impresso
  • Páginas: 400
  • Publicação: 22/03/2019
  • Capa: Capa Dura
  • Peso: 0,72 kg
  • Dimensões: 16 X 23

A História constitucional brasileira. Passados 30 anos de publicação da Constituição Federal de 1988, o livro A História do Direito Constitucional Brasileiro apresenta a oportunidade de se fazer um balanço da cultura constitucional desenvolvida até então.

E não só isso: também é uma chance de reavivar obras e rememorar pessoas que assinalaram suas contribuições na história do nosso Direito Público.

O livro de Waldemar Martins Ferreira faz parte da coleção Constitucionalismo Brasileiro, idealizada pelo IDP e editada pelo GEN |Forense, com o apoio da FGV Projetos, e é composta de livros de referência, que trazem elementos fundamentais para a compreensão das origens e do processo de desenvolvimento da nossa cultura jurídica.

Capítulo I - A Federação das Colônias Britânicas na América e o Surto do Presidencialismo

Capítulo II - O Transplantio da Corte Portuguesa para o Brasil e a Ereção da Colônia em Reino

Capítulo III - A Organização Política do Império do Brasil

Capítulo IV - A Campanha Federalista e a Proclamação da República

Capítulo V - A Configuração Federal da Nação

Capítulo VI - O Presidencialismo no Brasil

Capítulo VII - A Deformação Democrática pela Carta de 1937

Capítulo VIII - A Restauração Democratica Pela Constituição de 1946

Waldemar Martins Ferreira

Bacharel pela Faculdade de Direito de São Paulo (1908). Advogado, foi um dos fundadores do Instituto dos Advogados do Estado. Mediante concurso, foi nomeado professor substituto de Direito Comercial da Faculdade de Direito de São Paulo. Após ter recebido o grau de doutor, tornou-se lente catedrático. Participou da elaboração da Lei de Falências (1929), da legislação comercial e da lei sobre o conhecimento do transporte ferroviário (1930). Em 1934, elegeu-se deputado federal por São Paulo ocasião em que tornou líder da bancada constitucionalista na Câmara e Presidente da Comissão de Constituição e Justiça.