• Entrega Imediata
  • Frete Grátis

Livro Impresso

Uma Nova Sala de Aula é Possível

  • ISBN:

    9788521635895

  • Edição: 1|2019
  • Editora: LTC

Villas-Boas et al

De: R$ 69,00 Por: R$ 51,75
ou em até 1x de R$ 51,75
< >
Como é possível, ao professor, tornar a sala de aula, um verdadeiro ambiente de aprendizagem em tempos de Indústria 4.0?Uma Nova Sala de Aula é Possível – Aprendizagem Ativa na Educação em Engenharia apresenta, de forma didática, estratégias e métodos ...
  • Formato: Impresso
  • Nº de Páginas: 216
  • Publicação: 13/02/2019
  • Capa: Brochura
  • Peso: 0,33 Kg
  • Dimensões: 16 X 23

Como é possível, ao professor, tornar a sala de aula, um verdadeiro ambiente de aprendizagem em tempos de Indústria 4.0?

Uma Nova Sala de Aula é Possível – Aprendizagem Ativa na Educação em Engenharia apresenta, de forma didática, estratégias e métodos de aprendizagem ativa, que podem ser aplicados para potencializar a abordagem da Sala de Aula Invertida. Entre eles, estão Peer Instruction, Problem-Based Learning (PBL), Desafio em grupos, Jigsaw, In-class exercises (exercícios em sala de aula), Casos de ensino, entre outros. Nesse novo cenário, os professores têm um papel ativo de orientador dos estudantes, que se tornam protagonistas do próprio aprendizado.

Com reconhecida experiência na área, os quatros autores – profissionais da Educação em Engenharia – incluíram um capítulo dedicado ao planejamento de aulas, com exemplos de planos de aula, e exemplos de instrumentos de avaliação de resultados de aprendizagem.

Uma Nova Sala de Aula é Possível – Aprendizagem Ativa na Educação em Engenharia, lançado em parceria com a Associação Brasileira de Educação em Engenharia (ABENGE), é leitura obrigatória para os docentes do Ensino Superior que queiram entender com clareza a transição da sala de aula tradicional para uma nova sala de aula, tanto no ensino presencial quanto no ensino híbrido (blended learning).

1 Introdução
2 O estudante do século XXI: futuro profissional da Engenharia
3 Fundamentos de aprendizagem ativa
4 Sala de aula invertida
5 O modelo híbrido e a aprendizagem ativa
6 Estratégias e métodos de aprendizagem ativa potencializadores da sala de aula invertida: descrição e exemplos de aplicação
7 Avaliação: processo contínuo e formativo
8 O Planejamento das aulas e os resultados de aprendizagem
9 A aprendizagem ativa e a educação em Engenharia: um par natural
Índice

GABRIEL ELMÔR FILHO é engenheiro graduado e acadêmico de longa data pelo IME e doutor em Ciências em Engenharia pela UFRJ. Com experiência marcante em EAD e estratégias e métodos de Aprendizagem Ativa, seus planos de ensino incluem Trilhas Pedagógicas que englobam as melhores práticas dos principais métodos e estratégias de Aprendizagem Ativa. Ministra palestras e oficinas de capacitação de docentes relacionadas com os temas de Aprendizagem Ativa e Sala de Aula Invertida (“Flipped Classroom”). Participa ativamente de treinamentos para docentes e IES na transição da sala de aula tradicional para uma nova sala de aula.

LAURETE ZANOL SAUER é graduada em Licenciatura Plena em Matemática pela UCS, especialista em Metodologias do Ensino de Nível Superior e em Metodologias do Ensino de Matemática, também pela UCS, mestra em Matemática Aplicada pela UFRGS e doutora em Informática na Educação na mesma instituição. É professora titular da Área do Conhecimento de Ciências Exatas e Engenharias da Universidade de Caxias do Sul. Ministra disciplinas de Matemática, especialmente Cálculo Diferencial e Integral e Equações Diferenciais, para os cursos de Engenharia, e as disciplinas Fundamentos de Aprendizagem Ativa, Planejamento em Ensino de Ciências e Ensino de Matemática e suas Tecnologias no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática da UCS. Tem trabalhado nas áreas de Aprendizagem Ativa para o Ensino de Matemática e de Engenharia, de Formação Profissional de Professores de Ensino Superior e de Formação Continuada para Professores de Ciências e Matemática.

NIVAL NUNES DE ALMEIDA é graduado em Engenharia Elétrica pela UERJ, mestre e doutor em Engenharia Elétrica pela COPPE/UFRJ. Atualmente é professor titular da Escola de Guerra Naval (EGN), onde atua em cursos de pós-graduação e, em especial, no Programa de Mestrado em Estudos Marítimos (PPGEM). Exerceu o cargo de Reitor da UERJ de 2004 a 2007. Presidiu a Associação Brasileira de Educação em Engenharia (ABENGE), de 2011 a 2016, e o Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras de 2006 a 2007.

VALQUÍRIA VILLAS-BOAS é diretora acadêmica em exercício da Associação Brasileira de Educação em Engenharia (ABENGE) e coordenadora do Grupo de Trabalho em Aprendizagem Ativa na Educação em Engenharia da mesma instituição. É graduada em bacharelado em Física pela USP, mestra em Física da Matéria Condensada e doutora em Ciências também pela USP. É professora titular da Área do Conhecimento de Ciências Exatas e Engenharias da UCS. Ministra disciplinas básicas de Física para os cursos de Engenharia, disciplinas específicas do curso de Licenciatura em Física e as disciplinas Fundamentos de Aprendizagem Ativa, Experimentação no Ensino de Ciências e Matemática e Projetos Interdisciplinares no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática. Tem trabalhado nas áreas de Aprendizagem Ativa para o Ensino de Física e de Engenharia, de Formação Profissional de Professores de Ensino Superior e de Formação Continuada de Professores de Ciências e Matemática.