• Entrega Imediata

Livro Impresso

A GÁRGULA DE PARIS

  • ISBN:

    9788522495238

  • Edição: 1|2015
  • Editora: Atlas

Fernando Herren Fernandes Aguillar

De: R$ 74,00 Por: R$ 37,00
In stock
SKU
4215045
ou em até 1x de R$ 37,00
< >
Na Paris do século XIII, um jovem estudante de doutorado é alvo de uma perigosa armadilha. Se aceitar a proposta de seu enigmático orientador, poderá ter a chance de alcançar altos postos na hierarquia universitária. O tempo revelará o preço a pagar pe...
  • Formato: Impresso
  • Páginas: 344
  • Publicação: 24/11/2014
  • Capa: Brochura
  • Peso: 0,67 kg
  • Dimensões: 17 X 24

Na Paris do século XIII, um jovem estudante de doutorado é alvo de uma perigosa armadilha. Se aceitar a proposta de seu enigmático orientador, poderá ter a chance de alcançar altos postos na hierarquia universitária. O tempo revelará o preço a pagar pela aceitação ou recusa da proposta.

 

Este envolvente thriller histórico desnuda os conflitos da universidade medieval, em que os professores lutam pelo poder como senhores feudais. Os alunos, indolentes, lascivos e gananciosos, mas também conscientes do poder de que desfrutam, criam, à força de revoltas, depredações e arruaças nos cabarés da cidade, as bases da nascente Universidade de Paris.

 

Que segredos escondem os mais renomados mestres de Paris, vaidosos e histriônicos, mas com fragilidades morais que ninguém conhece? Até que ponto pode chegar um orientador na manipulação de seus alunos, movido por interesses pessoais inconfessáveis? A que fins se destinam as diversas irmandades secretas escondidas nas entranhas de Paris?

 

Os Reis Louis IX (São Luís) e Henry III (da Inglaterra), Robert de Sorbon (fundador da Sorbonne), os Papas Inocêncio IV e Alexandre IV, Tomás de Aquino (estudante em Paris), o poeta Rutebeuf e o Professor Guillaume de Saint-Amour são personagens reais envolvidos nesta trama de ódios profundos entre clérigos seculares e mendicantes, na luta pelo poder universitário.

 

Embora o enredo seja fictício, em bases históricas reais, o livro não deixa de ser uma alegoria da universidade contemporânea, frequentemente mais preocupada com a luta pelo poder do que com a produção acadêmica.

 

?A partir dos bem construídos antagonistas que dão força à trama ? Grisail, brilhante e cínico, Jacques, ingênuo e idealista ? Aguillar, aliando sutileza de análise e agilidade narrativa, constrói uma alegoria delicada sobre a lógica do poder e seus perigos. O leitor, capturado pelo ritmo veloz das voltas e contravoltas das boas narrativas de mistério, pode entrever a crítica mais densa que se esconde sob a rapidez da ação.? (José Garcez Ghirardi)


 


Fernando Herren Aguillar

 

Doutor em Direito Econômico pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP)

 

Mestre em Teoria do Direito pela Académie Européenne de Théorie du Droit, de Bruxelas, sob a orientação dos professores François Ost e Antoine Jeammaud

 

 

Diretor da Faculdade de Direito da Universidade São Judas Tadeu (SP)

 

Professor do Curso de Gestão de Políticas Públicas da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP (EACH

 

USP)

 

Professor convidado da Universidade Paris 1 (Panthéon

 

Sorbonne), no quadro da Chaire des Amériques

 

Advogado de Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques, em São Paulo

 

Autor das obras Controle social de serviços públicos e Serviços públicos

 

Pela Atlas publicou Metodologia da ciência do direito e Direito econômico: do direito nacional ao direito supranacional, este último tendo sido finalista do Prêmio Jabuti 2007, como um dos 10 melhores livros jurídicos publicados em 2006