• Entrega Imediata

Livro Impresso

O Normal e o Patológico

  • ISBN:

    9788530935610

  • Edição: 7|2011
  • Editora: Forense Universitária

Georges Canguilhem

De: R$ 126,00 Por: R$ 113,40
In stock
SKU
2811016
ou em até 5x de R$ 22,68
< >
Escrito originalmente como tese de doutorado em medicina, este primeiro ensaio de Georges Canguilhem constitui um marco fundamental nesse novo campo do saber humano – a epistemologia.Segundo o autor, a medicina, muito mais do que uma ciência propriamente
  • Formato: Impresso
  • Páginas: 288
  • Publicação: 27/05/2011
  • Capa: Brochura
  • Peso: 0,34 kg
  • Dimensões: 14 X 21

Escrito originalmente como tese de doutorado em medicina, este primeiro ensaio de Georges Canguilhem constitui um marco fundamental nesse novo campo do saber humano – a epistemologia.Segundo o autor, a medicina, muito mais do que uma ciência propriamente dita, é uma técnica ou uma arte situada na encruzilhada de várias ciências.

O presente trabalho é, pois, uma tentativa de integrar à especulação filosófica alguns dos métodos e aquisições da medicina. Não se trata de incorporar-lhe uma metafísica, mas de propor uma reflexão filosófica sobre seus métodos e técnicas, a fim de conceituá-los para uma melhor e mais clara compreensão dos fenômenos patológicos humanos.

I Ensaio sobre alguns Problemas relativos ao Normal e ao Patológico (1943)

Primeira Parte - Seria o Estado Patológico apenas uma Modificação Quantitativa do Estado Normal

Segunda Parte - Existem Ciências do Normal e do Patológico?

II Novas Reflexões Referentes ao Normal e ao Patológico (1963-1966)

Georges Canguilhem

Filósofo francês e doutor em Medicina. Vivenciou períodos de avanços científicos em diversas áreas de conhecimento, como também as polêmicas conseqüentes desses avanços. Esse filósofo e médico preocupou-se em levar às ciências da vida a reflexão filosófica, investigando o estatuto epistemológico de diversos conceitos utilizados nestas ciências, como saúde, doença, normal e patológico. Ele é o primeiro e um dos melhores representantes da epistemologia biológica na França.

Tradutora: Maria Thereza Redig de Carvalho Barrocas