• Entrega Imediata
  • Frete Grátis

Livro Impresso

História da Riqueza do Homem

  • ISBN:

    9788521617341

  • Edição: 22|2010
  • Editora: LTC

Huberman

De: R$ 122,00 Por: R$ 97,60
In stock
SKU
209088
ou em até 4x de R$ 24,40
< >
Este livro tem um duplo objetivo. É uma tentativa de explicar a história pela teoria econômica e a teoria econômica pela história. Leo Huberman assim justificou a criação de sua História da Riqueza do Homem – explicação esta sem razão de ser. Se a simp...
  • Formato: Impresso
  • Páginas: 316
  • Publicação: 06/01/2010
  • Capa: Brochura
  • Peso: 0,61 kg
  • Dimensões: 17 X 24

Este livro tem um duplo objetivo. É uma tentativa de explicar a história pela teoria econômica e a teoria econômica pela história. Leo Huberman assim justificou a criação de sua História da Riqueza do Homem – explicação esta sem razão de ser. Se a simples citação da palavra “economia” provoca bocejos entre os jovens numa sala de aula, ler o livro de Huberman, porém, remete o leitor ao desenvolvimento da sociedade humana impulsionado por sangue, revoluções, traições e pactos selados, principalmente, por homens de visão. Pensado anteriormente para leitores juvenis, História da Riqueza do Homem terminou por expandir seu alcance até tornar-se um clássico obrigatório. Cobrindo da Idade Média até o nascimento do nazifascismo, a saga da economia mundial, infelizmente, encerrava-se em meados dos anos 1930. Esta 22ª edição amplia-se e renova-se ao trazer dois capítulos assinados pela historiadora Marcia Guerra, cobrindo a nova era iniciada pela Segunda Guerra Mundial – fazendo desta a única edição atualizada no mundo.

Parte I - Do feudalismo ao capitalismo
1. Sacerdotes, guerreiros e trabalhadores
2. Entra em cena o comerciante
3. Rumo à cidade
4. Surgem novas ideias
5. O camponês rompe amarras
6. "E nenhum estrangeiro trabalhará?
7. Aí vem o rei!
8. "Homem rico?"
9. "Homem pobre, mendigo, ladrão"
10. Precisa-se de trabalhadores - Crianças de dois anos podem candidatar-se
11. "Ouro, grandeza e glória"
12. Deixem-nos em paz!
13. "A velha ordem mudou?",

Parte II Do capitalismo ao...?
14. De onde vem o dinheiro?
15. Revolução - Na indústria, agricultura, transporte
16. "A semente que semeais, outro colhe?"
17. "Leis naturais" de quem?
18. "Trabalhadores de todo o mundo, uni-vos!"
19. "Eu anexaria os planetas, se pudesse?"
20. O elo mais fraco
21. A Rússia tem um plano
22. Desistirão eles do açúcar?
23. Um admirável mundo novo?
24. Da expansão à crise: a história insiste em continuar

Índice 

Leo Huberman nasceu em Newark, Nova Jersey, em 17 de outubro de 1903, o último de onze filhos de um casal de intelectuais de classe média. Adolescente, foi operário numa fábrica de vidro, eletricista, vendedor de suco de laranja e funcionário dos correios e telégrafo. Já professor, cursou a New York University, formando-se em 1926. Fixou-se na cidade, onde começou a lecionar numa escola particular de currículo reformista e experimental. Como todas as experiências em sua vida, esta também rendeu um livro - We , the people (sua história revolucionária dos Estados Unidos a partir da perspectiva dos seus trabalhadores), de 1932. É nesse ponto da história que surge o convite para que Huberman escrevesse um livro sobre a história do mundo, obra que veio a público em fins de 1936 - esta História da riqueza do homem. Em 1949, Huberman e o economista de Harvard Paul Sweezy fundaram a Monthly Review, uma revista que trouxe, em seu primeiro número, o artigo de capa "Por que socialismo?", assinado por Albert Einstein. Durante os duros anos do macartismo, Huberman e Sweezy seriam perseguidos por suas "atividades subversivas".

Jornalista marxista, escritor, brilhante interlocutor, Leo Huberman sempre almejou esclarecer os trabalhadores ante o crescimento descontrolado do capitalismo ("O mundo ocidental se defrontou em cheio com o paradoxo da pobreza em meio à abundância"). Até sua morte, em 9 de novembro de 1968, escreveu sobre movimentos e revoluções que tiraram do rumo o destino de países e, consequentemente, o do próprio homem: Cuba - A revolution revisited; Vietnam - The endless war; Socialism in Cuba; The labor spy racket (Civil liberties in American history); Introduction to socialism; Cuba: anatomy of a revolution; The cultural revolution in China - A socialist analysis; Notes on left propaganda: how to spread the word; Revolution and counterrevolution in the Dominican Republic - Why the U.S. invaded; The truth about socialism; The truth about unions; e There is a man interned in a prison as a "dangerous enemy alien".