Busca avançada Busca avançada
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 89,00. (valor liquído)          Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 89,00. (valor liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 89,00. (valor liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 89,00. (valor liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 89,00. (valor liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 89,00. (valor liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)        SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 89,00. (valor liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.

Estatuto da Advocacia e Novo Código de Ética e Disciplina da OAB-Comentados

25% desconto

Autor: Gonzaga / Neves / Beijato Jr.

ISBN: 9788530982133
Publicação: 29/10/2018
Edição: 5|2019
Formato: 16 X 23
Páginas: 488
Acabamento da capa: Brochura
Peso: 0,67kg
Selo Editorial: Método

De: R$119,00

Por: R$89,25

Este livro carrega uma dupla importância. De um lado, lança luzes sobre a nova regulamentação das condutas éticas da advocacia, incitando a classe não apenas a conhecer, mas a respeitar diuturnamente esses deveres no trato com seus clientes e com as partes processuais, assim como na condução dos processos e casos em que atua. 

De outro lado, exalta a observância das normas de conduta ético-profissional como motivo provocador de profundos reflexos na sociedade, a qual passa a contar com serviços de profissionais comprometidos com a defesa dos direitos, destemidos e independentes, atuando em prol da defesa e do devido processo legal, perquirindo, em última instância, a realização da justiça e a garantia das liberdades recíprocas, fundamentais à vida em sociedade.

Marcus Vinicius Furtado Coêlho

Advogado e ex-presidente do Conselho Federal da OAB

 

O jovem que ingressa na carreira profissional precisa estar convicto de que defender suas prerrogativas não é apenas um direito dele, mas também um dever, e que ao fazê-lo não está agindo em favor de si próprio, mas de toda a categoria profissional e, mais ainda, da sociedade e das garantias conquistadas ao longo de todo um processo civilizatório. É preciso não se desviar da certeza de que cada vez que ele defender os direitos de um indivíduo, a cidadania e a humanidade serão defendidas, pelo que de humano há em cada um de nós.

Pedro Estevam Serrano

Advogado e professor de Direito Constitucional da PUC/SP


Acompanhe as nossas publicações, cadastre-se e receba as informações por e-mail (Clique aqui!)

Compartilhe:

Sinopse

Detalhes

Este livro carrega uma dupla importância. De um lado, lança luzes sobre a nova regulamentação das condutas éticas da advocacia, incitando a classe não apenas a conhecer, mas a respeitar diuturnamente esses deveres no trato com seus clientes e com as partes processuais, assim como na condução dos processos e casos em que atua. 

De outro lado, exalta a observância das normas de conduta ético-profissional como motivo provocador de profundos reflexos na sociedade, a qual passa a contar com serviços de profissionais comprometidos com a defesa dos direitos, destemidos e independentes, atuando em prol da defesa e do devido processo legal, perquirindo, em última instância, a realização da justiça e a garantia das liberdades recíprocas, fundamentais à vida em sociedade.

Marcus Vinicius Furtado Coêlho

Advogado e ex-presidente do Conselho Federal da OAB

 

O jovem que ingressa na carreira profissional precisa estar convicto de que defender suas prerrogativas não é apenas um direito dele, mas também um dever, e que ao fazê-lo não está agindo em favor de si próprio, mas de toda a categoria profissional e, mais ainda, da sociedade e das garantias conquistadas ao longo de todo um processo civilizatório. É preciso não se desviar da certeza de que cada vez que ele defender os direitos de um indivíduo, a cidadania e a humanidade serão defendidas, pelo que de humano há em cada um de nós.

Pedro Estevam Serrano

Advogado e professor de Direito Constitucional da PUC/SP


Acompanhe as nossas publicações, cadastre-se e receba as informações por e-mail (Clique aqui!)

Sumário

Autoria

Alvaro de Azevedo Gonzaga

Livre-docente em Filosofia do Direito pela PUC/SP. Pós-doutor pela Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa e pela Universidade de Coimbra. Doutor, mestre e graduado em Direito pela PUC/SP. Graduado em Filosofia pela Universidade de São Paulo – USP. Professor concursado da Faculdade de Direito da PUC/SP, tanto na graduação como na pós-graduação stricto sensu. Coordenador da OAB e Professor de Ética Profissional no Curso Forum. Membro do Instituto Euro-Americano de Derecho Constitucional, na condição de membro internacional. Ex-presidente do Instituto de Pesquisa, Formação e Difusão em Políticas Públicas e Sociais. Coordenador, autor e coautor de inúmeras obras e artigos. Advogado, sócio do escritório Azevedo Gonzaga & Beijato Sociedade de Advogados.

 

Karina Penna Neves

Mestre em Direito Civil pela PUC/SP. Especialista em Direito Administrativo pela PUC/SP e em Direito Societário pela GVLaw/SP. Graduada em Direito na PUC/SP. Professora colaboradora na mesma instituição. Relatora da 2ª Turma de Ética e Disciplina da OAB/SP. Autora da obra Deveres de Consideração nas Fases Externas do Contrato: responsabilidade pré e pós-contratual. Autora e coautora de diversos artigos jurídicos. Advogada e Perita Judicial.

 

Roberto Beijato Junior

Mestre e Doutorando em Filosofia do Direito pela PUC/SP. Coordenador do Curso de Direito da Escola Paulista de Direito (EPD), onde também é  Professor titular das disciplinas de Ética Geral e Profissional, Filosofia do Direito, Filosofia Geral, Teoria da Constituição e Jurisdição Constitucional e Direito Constitucional . Advogado, sócio do escritório Azevedo Gonzaga & Beijato Sociedade de Advogados.

 

Outras versões disponíveis

Você selecionou o formato Livro Impresso.
Esta publicação também está disponível em:

E-Book

Frete