Busca avançada Busca avançada
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)          Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)        SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 10x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.

Processo Penal

25% desconto

Autor: NORBERTO AVENA

ISBN: 9788530979829
Publicação: 06/04/2018
Edição: 10|2018
Formato: 16 X 23
Páginas: 1680
Acabamento da capa: Capa Flexível
Peso: 1,88kg
Selo Editorial: Método

De: R$269,00

Por: R$201,75

Esta edição está de acordo com as modificações legislativas mais importantes ocorridas em 2017 e no início de 2018, consignando, também, as significativas alterações na jurisprudência sobre temas que, devido à repercussão no meio jurídico, desbancarão nos concursos públicos que estão por vir. A título de ilustração, estão incorporados à nova edição: 1. Leis n.ºs 13.432/2017 (detetive particular), 13.434/2017 (contenção de mulheres em parto ou após), 13.491/2017 (definição típica dos crimes militares), 13.505/2017 (alterações na Lei Maria da Penha) e 13.603/2018 (alteração na Lei n.º 9.099/1995), entre outras, com reflexos relevantes no âmbito do Processo Penal; 2. referências às Resoluções n.ºs 181/2017 e 183/2018, que disciplinam o acordo de não persecução penal, mitigando o princípio da obrigatoriedade da ação penal pública; 3. entendimento do STF e do STJ em relação à teoria da dupla imputação para efeito de responsabilização penal das pessoas jurídicas por crimes ambientais; 4. nova concepção do STF sobre a aplicação de medidas cautelares pessoais (prisão e cautelares diversas da prisão) aos parlamentares; 5. orientação do STF acerca da perda do mandato de parlamentares federais como efeito da condenação transitada em julgado; 6. atual posição do STF quanto à busca e apreensão domiciliar e ao denominado flagrante intuitivo; 7. nova visão do STF sobre a validade das provas decorrentes da apreensão de telefone celular em poder de indivíduo flagrado na prática de crime; 8. tendência do STF acerca da prerrogativa de função (foro privilegiado) no tocante à natureza do crime que a autoriza, do momento de seu cometimento e do estágio do processo criminal; 9. novo entendimento do STF sobre a possibilidade do habeas corpus coletivo, consoante deliberação adotada em 20.02.2018; 10. novas discussões doutrinárias sobre temas de relevância no Direito Processual Penal, a exemplo das atribuições das polícias federal e estadual; do alcance da imunidade material dos parlamentares; das hipóteses em que é exigida a investigação supervisionada; da casuística da condução coercitiva de investigados ou acusados; da pessoa jurídica como assistente de acusação; da abolição da presunção de prejuízo para o reconhecimento de nulidades processuais; do prazo dos recursos constitucionais no caso de oposição de embargos infringentes; dos requisitos da produção antecipada de provas e de inúmeras outros assuntos atuais.


Acompanhe as nossas publicações, cadastre-se e receba as informações por e-mail (Clique aqui!)

Compartilhe:

Sinopse

Detalhes

Esta edição está de acordo com as modificações legislativas mais importantes ocorridas em 2017 e no início de 2018, consignando, também, as significativas alterações na jurisprudência sobre temas que, devido à repercussão no meio jurídico, desbancarão nos concursos públicos que estão por vir. A título de ilustração, estão incorporados à nova edição: 1. Leis n.ºs 13.432/2017 (detetive particular), 13.434/2017 (contenção de mulheres em parto ou após), 13.491/2017 (definição típica dos crimes militares), 13.505/2017 (alterações na Lei Maria da Penha) e 13.603/2018 (alteração na Lei n.º 9.099/1995), entre outras, com reflexos relevantes no âmbito do Processo Penal; 2. referências às Resoluções n.ºs 181/2017 e 183/2018, que disciplinam o acordo de não persecução penal, mitigando o princípio da obrigatoriedade da ação penal pública; 3. entendimento do STF e do STJ em relação à teoria da dupla imputação para efeito de responsabilização penal das pessoas jurídicas por crimes ambientais; 4. nova concepção do STF sobre a aplicação de medidas cautelares pessoais (prisão e cautelares diversas da prisão) aos parlamentares; 5. orientação do STF acerca da perda do mandato de parlamentares federais como efeito da condenação transitada em julgado; 6. atual posição do STF quanto à busca e apreensão domiciliar e ao denominado flagrante intuitivo; 7. nova visão do STF sobre a validade das provas decorrentes da apreensão de telefone celular em poder de indivíduo flagrado na prática de crime; 8. tendência do STF acerca da prerrogativa de função (foro privilegiado) no tocante à natureza do crime que a autoriza, do momento de seu cometimento e do estágio do processo criminal; 9. novo entendimento do STF sobre a possibilidade do habeas corpus coletivo, consoante deliberação adotada em 20.02.2018; 10. novas discussões doutrinárias sobre temas de relevância no Direito Processual Penal, a exemplo das atribuições das polícias federal e estadual; do alcance da imunidade material dos parlamentares; das hipóteses em que é exigida a investigação supervisionada; da casuística da condução coercitiva de investigados ou acusados; da pessoa jurídica como assistente de acusação; da abolição da presunção de prejuízo para o reconhecimento de nulidades processuais; do prazo dos recursos constitucionais no caso de oposição de embargos infringentes; dos requisitos da produção antecipada de provas e de inúmeras outros assuntos atuais.


Acompanhe as nossas publicações, cadastre-se e receba as informações por e-mail (Clique aqui!)

Sumário

Autoria

Norberto Avena

Procurador de Justiça no Rio Grande do Sul, ingressou no Ministério Público no ano de 1990. Atuou, por oito anos, como Promotor Assessor do Procurador-Geral de Justiça e como Promotor Corregedor na Corregedoria-Geral do Ministério Público. Em Porto Alegre, exerceu atribuições junto à Promotoria de Justiça das Varas de Execuções Criminais e à Promotoria de Justiça Especializada de Habitação e Urbanismo. Especialista em concursos públicos, fez parte de comissões organizadoras de diversos certames destinados ao ingresso na carreira do Ministério Público. Na área da docência, é Professor da disciplina de Processo Penal na Fundação Escola Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul e na Escola Superior da Magistratura do mesmo Estado. Palestrante e conferencista. Autor de obras jurídicas.

Outras versões disponíveis

Você selecionou o formato Livro Impresso.
Esta publicação também está disponível em:

E-Book

Frete

Material suplementar

http://www.grupogen.com.br/avaconnector/index/redirectMaterial/course/9788530979829