Busca avançada Busca avançada
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)          Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)        SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.
   frete  FRETE GRÁTIS (via Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído)                  Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)                  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 18h.

Coleção ADRs - Mediação no Judiciário - Desafios e Reflexões sobre uma Experiência

Autor: ANA LÚCIA CATÃO, LÚCIA FIALHO CRONEMBERGER E SILVANA CAPPANARI

ISBN: 9788530942618
Publicação: 21/09/2012
Edição: 1|2012
Formato: 16 X 23
Páginas: 192
Acabamento da capa: Brochura
Peso: 0,30kg
Selo Editorial: Forense
R$81,00

Este livro é o relato de uma experiência. Integrando uma equipe de trabalho multidisciplinar, com advogada, assistente social e psicóloga, as autoras retomam o percurso de criação e implementação de um Setor de Mediação junto às Varas de Famílias e Sucessão de um Fórum de São Paulo. Com riqueza de detalhes, apontam os caminhos percorridos, seus erros e acertos, compartilham documentos produzidos pelo Setor e os passos seguidos, deixam claro o que significa fazer Mediação no Judiciário e apontam reflexões acerca da adoção desse modo de fazer Justiça.Como bem mostram as autoras, a riqueza da Mediação está na força transformadora que o processo oferece às pessoas que se encontram em um conflito e que se dispõem a experenciá-lo. Além disso, superando a ideia de um mero método de resolução dos conflitos do cidadão que procura a Justiça, explicitam boa parte das implicações de uma entrada criteriosa da Mediação no Judiciário. Os autores da segunda parte, com suas diversas experiências no Fórum, enriquecem o olhar e permitem ao leitor mergulhar na complexidade desse universo de trabalho.
A obra demonstra que é preciso “ter sempre em mente a perspectiva de que a Mediação tem a função de prisma, abrindo outras dimensões possíveis de justiça, incrementando cidadania, autoria, autonomia, responsabilidade etc.”
__________________

“Nas palavras das autoras o público alvo da obra são os mediadores que trabalham ou têm intenção de trabalhar junto ao Judiciário, os operadores do direito, pessoas que trabalhem no universo das ciências sociais e todos aqueles que têm o desejo de conhecer ou criar um Setor de Mediação. Contudo, vou além: todos aqueles que se preocupam com a violência e se interessam pela pacificação terão o maior interesse em ser guiados pela mão das autoras rumo a um mundo menos egoísta, mais participativo e mais justo.”
Ada Pellegrini Grinover

Compartilhe:

Sinopse

Detalhes

Este livro é o relato de uma experiência. Integrando uma equipe de trabalho multidisciplinar, com advogada, assistente social e psicóloga, as autoras retomam o percurso de criação e implementação de um Setor de Mediação junto às Varas de Famílias e Sucessão de um Fórum de São Paulo. Com riqueza de detalhes, apontam os caminhos percorridos, seus erros e acertos, compartilham documentos produzidos pelo Setor e os passos seguidos, deixam claro o que significa fazer Mediação no Judiciário e apontam reflexões acerca da adoção desse modo de fazer Justiça.Como bem mostram as autoras, a riqueza da Mediação está na força transformadora que o processo oferece às pessoas que se encontram em um conflito e que se dispõem a experenciá-lo. Além disso, superando a ideia de um mero método de resolução dos conflitos do cidadão que procura a Justiça, explicitam boa parte das implicações de uma entrada criteriosa da Mediação no Judiciário. Os autores da segunda parte, com suas diversas experiências no Fórum, enriquecem o olhar e permitem ao leitor mergulhar na complexidade desse universo de trabalho.
A obra demonstra que é preciso “ter sempre em mente a perspectiva de que a Mediação tem a função de prisma, abrindo outras dimensões possíveis de justiça, incrementando cidadania, autoria, autonomia, responsabilidade etc.”
__________________

“Nas palavras das autoras o público alvo da obra são os mediadores que trabalham ou têm intenção de trabalhar junto ao Judiciário, os operadores do direito, pessoas que trabalhem no universo das ciências sociais e todos aqueles que têm o desejo de conhecer ou criar um Setor de Mediação. Contudo, vou além: todos aqueles que se preocupam com a violência e se interessam pela pacificação terão o maior interesse em ser guiados pela mão das autoras rumo a um mundo menos egoísta, mais participativo e mais justo.”
Ada Pellegrini Grinover

Sumário

INTRODUÇÃO – NOSSO CAMINHO, UM CAMINHO POSSÍVEL?

Parte I
1. A ENTRADA NO FÓRUM: NOSSOS PROCESSOS DE EQUIPE E CONCEPÇÃO DO SETOR DE MEDIAÇÃO

2. O SETOR DE MEDIAÇÃO NA PRÁTICA

3. PRESSUPOSTOS QUE ORIENTAM NOSSA AÇÃO

4. UM OLHAR PARA AS ATIVIDADES TRANSVERSAIS AO TRABALHO DO SETOR DE MEDIAÇÃO

5. ETAPAS DE UM PROCESSO DE INOVAÇÃO: OUTRO MODO DE APRESENTAR E DE OLHAR PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO SETOR DE MEDIAÇÃO

6. ALGUMAS REFLEXÕES QUE PERMEIAM NOSSA PRÁTICA NO JUDICIÁRIO

POSFÁCIO DA PRIMEIRA PARTE


Parte II
1. FÓRUM FÁCIL

2. A ATUAÇÃO COTIDIANA DO SERVIÇO SOCIAL E DA PSICOLOGIA NO PODER JUDICIÁRIO, VARAS DE FAMÍLIA DO FORO REGIONAL DE SANTO AMARO

3. MEDIAÇÃO, UMA NOVA FERRAMENTA DE ADMINISTRAÇÃO

4. A EXPERIÊNCIA DA MEDIAÇÃO NAS VARAS DE FAMÍLIA DO FORO REGIONAL DE SANTO AMARO

HISTÓRICO DAS FIGURAS
CARTA AO LEITOR
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Anexos
Quadros
Figura

Autoria

Organizadoras:

Ana Lucia Catão

Mediadora, consultora, formadora, pesquisadora e advogada. Mestre em Psicologia Social pela PUC-SP. Pós-graduada em Mediação pelo COGEAE/PUC-SP. Bacharel em Direito pela USP.
http://www.viamediacao.com.br

http://mediarconflitos.wordpress.com

Lúcia Fialho Cronemberger

Mediadora, consultora, formadora, assistente social e socióloga. Bacharel em Ciências Sociais pela PUC-SP. Graduada em Serviço Social pela UFPE.
http://www.saberemacao.com.br

Silvana Cappanari

Psicóloga, terapeuta, consultora, formadora e mediadora. Psicóloga pela PUC-SP. http://www.saberemacao.com.br

Outras versões disponíveis

Você selecionou o formato Livro Impresso.

Frete