Idalberto Chiavenato | Administração para Todos

SEXTO PASSO: GESTÃO DE FINANÇAS. CUIDE BEM DAS FINANÇAS 6 O QUE VEREMOS ADIANTE ■ Foco nas finanças. ■ Capital. ■ Capital de giro. ■ Fluxo de caixa. ■ Ativos circulantes. ■ Gestão de contas a receber. ■ Gestão financeira de estoques. ■ Financiamento. ■ Balanço contábil e demonstrações financeiras. ■ Fluxo de fundos. INTRODUÇÃO De nada adianta ter talentos, tecnologias e mercados se a empresa carece de recursos financeiros. Para poder funcionar e proporcionar resultados, as empresas necessitam de tais recursos. E o dinheiro constitui um dos recursos mais escassos e caros do nosso mundo de negócios. É difícil ganhá-lo e muito mais fácil perdê-lo, tanto na atividade pessoal quanto na atividade empresarial, e sem ele não se pode fazer muita coisa. Planos de consolidação e expansão de negócios dependem da disponibilidade financeira e da força de garantir ingressos financeiros. É o dinheiro que abre as portas para novos empreendimentos e garante o sucesso empresarial, quando se requer força e flexibilidade financeira como base de apoio para novos investimentos, aquisição de novas tecno- logias, novos projetos e inovação nos negócios. 1 Toda empresa precisa de dinheiro para operar, e é principalmente por meio dele que ela pode expandir suas atividades e crescer. Isso é irrefutável. O simples fato de uma empresa precisar de um imóvel para se instalar, de máquinas e equipamentos para produzir, de pessoas para trabalhar, de matérias-primas (MP) para processar, significa, no fundo, a necessidade de recursos financeiros que permitam alugar ou comprar o imóvel, adquirir as máquinas e os equipamentos, pagar os salários das pessoas, comprar as MP, recolher os impostos etc. Nenhuma empresa pode ser aberta sem um mínimo de capital inicial, nem pode funcionar sem capital de giro suficiente para suas operações. O dinheiro funciona como um combustível para os negócios e, quando falta, o negócio simplesmente estaciona. Quanto ao objetivo, existem empresas lucrativas, quando o alvo é o lucro, e empresas não lucra- tivas, quando focam a prestação de algum serviço público ou social, independentemente do lucro.

RkJQdWJsaXNoZXIy Mzk4