Busca avançada Busca avançada
frete FRETE GRÁTIS (Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído).                     Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 17h.
frete FRETE GRÁTIS (Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído).                     Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 17h.
frete FRETE GRÁTIS (Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído).                     Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 17h.
frete FRETE GRÁTIS (Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído).                     Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 17h.
frete FRETE GRÁTIS (Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído).                     Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 17h.
frete FRETE GRÁTIS (Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído).                     Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 17h.
frete FRETE GRÁTIS (Total Express) nas compras acima de R$ 199,00. (Valor Liquído).                     Parcele em até 8x (parc. mín. de R$ 45)  SAC: (11) 5080-0751 seg. a sex. das 8h às 17h.

Lei das S. A. em seus 40 anos

Lançamento

Autor: ALBERTO VENANCIO FILHO, CARLOS AUGUSTO DA SILVEIRA LOBO E LUIZ ALBERTO COLONNA ROSMAN

ISBN: 9788530974152
Publicação: 10/02/2017
Edição: 1|2017
Formato: 16 X 23
Páginas: 704
Acabamento da capa: Cartonado
Peso: 1,06kg
Selo Editorial: Forense
R$158,00

 

Em 15 de dezembro de 2016, a Lei das S.A. (Lei 6.404/1976) completou 40 anos de vigência. Este volume, reunindo contribuições de ilustres advogados e professores, homenageia os juristas que elaboraram o anteprojeto – Alfredo Lamy Filho e José Luiz Bulhões Pedreira – e comemora a longevidade desse magnífico diploma legal.

Os autores enraizaram o anteprojeto no sistema jurídico já construído pelo Decreto-lei 2.627/1940 – da lavra de Trajano de Miranda Valverde –, mas não se intimidaram ao lançar mão de institutos pouco ou nada conhecidos pela comunidade jurídica brasileira. A pretensão de viabilizar uma economia fundada na grande empresa aberta de capitais nacionais não podia dispensar as novas soluções que se introduziam em economias mais avançadas. Nesse sentido, comentou-se, com razão, que a Lei das Sociedades Anônimas exerceu uma função didática. Ressalte-se que essa ousadia (só permitida aos gênios) de absorver em um texto legal tantas desconhecidas inovações, aliada à prudência de quem respeita o sistema reformado, porque o conhece a fundo, garantiu a vigência da nova lei por longo tempo.

Lembrem-se os leitores de que o anteprojeto Lamy/Bulhões Pedreira introduziu no cenário jurídico brasileiro um verdadeiro caudal de ideias construtivas, entre as quais nos ocorre citar as relativas a: ação escritural, custódia de ações fungíveis, certificado de depósito de ações, bônus de subscrição, aquisição das próprias ações, acordos de acionistas, joint ventures, responsabilidade do acionista controlador, eleição do conselho de administração pelo processo de voto múltiplo, sistematização na regulação dos deveres e responsabilidades dos administradores, grupos de sociedades, subsidiária integral, incorporação de ações, aquisição de controle mediante oferta pública, dividendo obrigatório.

Organizadores


Acompanhe as nossas publicações, cadastre-se e receba as informações por e-mail (Clique aqui!)

Compartilhe:

Sinopse

Detalhes

 

Em 15 de dezembro de 2016, a Lei das S.A. (Lei 6.404/1976) completou 40 anos de vigência. Este volume, reunindo contribuições de ilustres advogados e professores, homenageia os juristas que elaboraram o anteprojeto – Alfredo Lamy Filho e José Luiz Bulhões Pedreira – e comemora a longevidade desse magnífico diploma legal.

Os autores enraizaram o anteprojeto no sistema jurídico já construído pelo Decreto-lei 2.627/1940 – da lavra de Trajano de Miranda Valverde –, mas não se intimidaram ao lançar mão de institutos pouco ou nada conhecidos pela comunidade jurídica brasileira. A pretensão de viabilizar uma economia fundada na grande empresa aberta de capitais nacionais não podia dispensar as novas soluções que se introduziam em economias mais avançadas. Nesse sentido, comentou-se, com razão, que a Lei das Sociedades Anônimas exerceu uma função didática. Ressalte-se que essa ousadia (só permitida aos gênios) de absorver em um texto legal tantas desconhecidas inovações, aliada à prudência de quem respeita o sistema reformado, porque o conhece a fundo, garantiu a vigência da nova lei por longo tempo.

Lembrem-se os leitores de que o anteprojeto Lamy/Bulhões Pedreira introduziu no cenário jurídico brasileiro um verdadeiro caudal de ideias construtivas, entre as quais nos ocorre citar as relativas a: ação escritural, custódia de ações fungíveis, certificado de depósito de ações, bônus de subscrição, aquisição das próprias ações, acordos de acionistas, joint ventures, responsabilidade do acionista controlador, eleição do conselho de administração pelo processo de voto múltiplo, sistematização na regulação dos deveres e responsabilidades dos administradores, grupos de sociedades, subsidiária integral, incorporação de ações, aquisição de controle mediante oferta pública, dividendo obrigatório.

Organizadores


Acompanhe as nossas publicações, cadastre-se e receba as informações por e-mail (Clique aqui!)

Sumário

Autoria

Alberto Venancio Filho

Advogado no Rio do Janeiro.

 

Carlos Augusto da Silveira Lobo

Advogado no Rio do Janeiro.

 

Luiz Alberto Colonna Rosman

Advogado no Rio de Janeiro e em São Paulo. Autor de capítulos na obra Direito das Companhias (2. ed. Rio de Janeiro: Forense), e de vários artigos .

Outras versões disponíveis

Você selecionou o formato Livro Impresso.
Esta publicação também está disponível em:

E-Book

Frete

Você pode estar interessado nos seguintes produtos